O tempo para quem ama agora. Cronicando / Destaque / Sentindo agora

Sei lá. Sei lá porquê gostei de você. Talvez tenha sido porque me elogiou os olhos em vez da bunda, embora lhe agradasse a segunda também. E o tempo passou. Mas… que dizer do tempo? Que nos importa, enfim? Se temos um ao outro como membros de uma equipe determinada a fazer essa travessia de mãos dadas? Que nos importa o tempo quando tudo o que nos resta num fim de domingo é a presença do amor? – mas não o amor um pelo outro apenas: o amor, apenas.

Agora é tarde para não ver mais sentido em Engenheiros. Tarde demais para esquecer os pratos que cozinhamos juntos (eu como sua assistente, é claro), as leituras que dividimos, os movimentos sincronizados para caber um no abraço do outro, os festivais que descobrimos, os véus de tantas ilusões que desvendamos por meio das nossas tantas conversas descabidas em nasceres de sóis e madrugadas a fio. Não há mais como escapar da maneira como rimos um do outro, nem dos nossos códigos secretos, nem do nosso dialeto específico para diálogos em redes sociais quase tediosas.

Desculpe te dizer, mas dá mais tempo de voltar atrás, não. Nem dos sabores, nem dos dissabores. E se não há mais tempo, não há mais espaço. Sem espaço para memórias podres que fazem raízes fúnebres e fétidas nos nossos corações; sem espaço para egos infeccionados, expurgando ódio, raiva e insegurança. Nada, nem um cadico de pedaço de neca de pitibira de lugar para rancor.

Amar é agora, meu amô. E se é agora, que é que o tempo nos importa?

Se foi há dezessete anos, ou se foi ontem; se nem foi ainda, em outra dimensão. Se são vidas ou segundos passados: Que te importa?

Que me importa?

Sei lá.

Porque eu gostei de você?

Talvez.

Mas agora é tarde; o tempo passou.

E o que nos resta?

Amar (o) agora.


Redatora, professora e inventadora, tenho como verdadeira paixão a língua portuguesa e as piruetas que ela dá na ponta de cada lambida. A casualidade é minha amiga; a poesia, anfitriã. Entre - sem hora pra sair.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *